Lugar da Camba, apartado 1, 5425-999 Vidago

História

História do Clube de Golfe de Vidago

Clube de Golfe de Vidago, Vira uma nova página na sua história

O Clube de Golfe de Vidago, após o encerramento para obras de requalificação do campo do parque de Vidago, passou por tempos muito atribulados e por carências de várias ordens. Muitas dessas dificuldades deveram-se à perda do espaço por todos sobejamente conhecidos. É um facto, que depois de concluídas as obras de alargamento do campo de golfe 9 para 18 buracos inserido no projecto aquanatur da unicer a prática deste desporto nunca mais será a mesma nomeadamente par a formação inicial. E foi a pensar nisto que a actual direcção do Clube de Golfe de Vidago decidiu avançar com um projecto inovador com a abertura de um espaço próprio e onde todos poderão praticar e ou iniciar esta actividade desportiva.

Foi necessária a intervenção dos amantes do golfe para se iniciar o processo de requalificação do espaço, da “Camba”. A direcção do clube, não esconde as dificuldades de todo o processo, para poderem dotar este campo de golfe de condições capazes de dar resposta às necessidades dos praticantes. O presidente do clube António Manuel Rodrigues, confidenciava-nos. Hoje, é um grande dia para nós porque estamos convictos de que num futuro muito próximo, vamos ter aqui um espaço onde os nossos sócios irão dispor de um espaço fantástico para a prática deste desporto. Para além do campo de golfe com 4 buracos, o clube prepara-se par ter melhores infra-estruturas de apoio aos sócios e praticantes, onde já existe um “putting green”, um “chipping” um “driving”.

Actualmente o clube tem cerca de 150 membros. Existem dois tipos de sócios, o social, que utiliza e joga nas nossas instalações, e o sócio, que utiliza o campo de jogo, e que pode beneficiar dos protocolos existentes com outros clubes.

Para António Manuel Rodrigues, presidente do clube, um dos orgulhos do Clube de Golfe de Vidago é o facto de estar acessível a qualquer classe social. O valor das cotas em vigor até nem é muito alto, permitindo assim que a população da Vila de Vidago e da região se envolva num desporto que em grande parte está confinado às elites sociais. No entanto os custos de manutenção do campo e das novas instalações a criar, vão ser elevados, tornando-se imperial recorrer a formas de realizar capital fora dos “buracos”, Neste aspecto, é de salientar as preocupações manifestadas pela actual Direcção, no sentido de reforçar a vertente social do clube, designadamente com a criação de espaço para uma escola de golfe para os mais jovens, e o alargamento das valências, sociais e desportivas, que a recém-criada infra-estrutura irá permitir, a par de reforçar, numa vertente de excelência, a oferta turística da Vila de Vidago.

Reportagem sobre o Clube de Golfe de Vidago